Select Page
meditacao na midia

Sri Chinmoy nos anos 70

por Patanga Cordeiro

Coisas que vemos na TV, jornais ou sites, como “meditação para curar depressão”, “meditação para ansiedade”, “meditação para emagrecer”, “meditação para passar no vestibular”, “meditação para melhorar a concentração nos estudos”, “meditação para relaxamento”, etc., são extremamente populares, mas podem não ser realidades.

Alguém que não possui experiência no assunto pode ter criado isso para ir de encontro a uma solução fácil ou mística para um problema do cotidiano, o que atrairia a atenção irrestrita das massas. Afinal, tem uma parte de nós humanos que quer soluções fáceis que vêm do exterior, ao invés de encarar e transformar nossas imperfeições em qualidades positivas, ou, melhor ainda, investir e aprofundar nas qualidades que já estamos descobrindo em nós.

A mídia possui um papel super relevante, pois assim como a etimologia da palavra “jornalismo” indica, ela é a responsável por reunir e distribuir a informação existente. Ou seja, fazer com que a informação que é descoberta por alguns (que são procurados pelos jornalistas justamente por serem supostos experts no assunto) seja compartilhada com aqueles que tem interesse em adquiri-la. E por isso é tão louvável a profissão. O jornalista não é um conteudista, mas ele tem o dever de ser a ponte entre a demanda com a oferta de conhecimento. Ele não cria, mas apenas divulga as qualidades positivas e inspiração de pessoas ilustres, para que possamos nos espelhar nelas e alcancemos nosso próprio potencial único.

“Meditação para ansiedade – resolva o seu problema facilmente com essa técnica” é algo fácil de se ver por aí, mas não é algo que ouvi de professores de meditação. O que ouço de praticantes de meditação e dificilmente veremos na mídia é algo como “Você pode ser satisfeito se mergulhar fundo dentro de si mesmo, deixando para trás todas as coisas que o amarram e buscando pureza, disciplina e divindade, coisas que são o seu direito de nascimento. Será difícil, muito difícil, mas valerá a pena cada gota de suor derramado nessa jornada. O Buda e muitos outros chegaram lá e nos ensinaram como chegar – por que você não chegaria?” Nas palavras do Cristo: “Sejam santos assim como eu sou santo.”

É claro, se você voltar ao primeiro parágrafo, verá o quão grato e orgulhoso eu sou dos jornalistas e do papel que cumprem levando a milhões o acesso à informação.

Mas, ao mesmo tempo, fica um alerta para o buscador, no que se refere à mídia de massa a construção da sua opinião própria: “meditação para curar depressão”, “meditação para ansiedade”, “meditação para emagrecer”, “meditação para passar no vestibular”, “meditação para melhorar a concentração nos estudos”, “meditação para relaxamento”, etc., podem não ser realidades. Podem ser coisas da imaginação dos criadores de conteúdo de mídia, tentando gerar interesse através de uma solução mágica para dilemas até hoje não resolvidos da humanidade, e não de praticantes dedicados. E o mesmo vale para mim, para este artigo. Será que eu sou melhor ou mais sincero do que a mídia de massa? Talvez sim, talvez não. Mas pouco importa. Você está lendo este texto, mas sugiro que pare ao e vá praticar meditação. Não pergunte o que significa, nem peça opinião dos outros. Pratique com seriedade por algumas semanas ou meses ou anos, e descobrirá por conta própria, por experiência pessoal, o que é meditar e quais são os seus benefícios.

God knows our frailties,
But He also shows us
How to conquer them
For His complete Satisfaction.

Sri Chinmoy, Seventy-Seven Thousand Service-Trees, part 4, Agni Press, 1998

Entrevista na mídia televisiva – a importância da mídia para divulgar o bem e inspirar a humanidade

Abaixo o trecho de uma entrevista com Sri Chinmoy em New Jersey, EUA, onde o tópico era o falecimento da Madre Teresa de Calcutá (hoje Santa Teresa de Calcutá).

Interviewer: There’s been such a rush in the last week to canonise her, and there’s been a lot of talk of the Vatican waiving the preliminary five years. Do you think that was so important to her?

Sri Chinmoy: Nothing is important to her, but it is important for humanity. Sometimes it happens that when we honour someone, the person who is being honoured does not need it or care for it. But while we are honouring that person we increase our own inspiration and aspiration to become better citizens of the world. While appreciating, admiring and adoring the other person, we increase our own capacities and bring to the fore our own divine potential.

Interviewer: The timing of her death is also interesting — coming in the wake of the very public death of Princess Diana, which the world really has been so obsessed with. In terms of media coverage, maybe Mother Teresa’s death would have even been a bigger deal had it not been eclipsed by Princess Diana’s. Do you think that’s the way she would have wanted it?

Sri Chinmoy: Princess Diana at times wanted media and at times she did not. When she was doing something for the betterment of the world, when she was doing charity work and meeting with the sick and poor, she wanted media attention in order to uplift the consciousness of the world. But sometimes the media exposed her frailties and weaknesses, which we all have, and at that time she did not welcome the media attention. She said that this kind of thing does not help humanity in any way. She wanted only to inspire the rest of the world, but unfortunately the media always tries to find the negative side of things. That is a very painful experience. Everything has its darker side and its brighter side. But if you weigh the pros and cons of her life, her good qualities and virtues will far surpass her so-called human weaknesses.

Interviewer: Unfortunately, the media tend to accentuate the more frivolous aspects of her life.

MT 87. Cablevision 12, New Jersey. 12 September 1997. Interviewer: Ms. Page Hopkins

Páginas relacionadas

Notícias via SMS – jan 2017 Neste mês: meditação guiada em vídeo novo livro publicado poemas espirituais com vídeo e música curso em SP nesta semana Novo livro p...
Meditação e criatividade Por Adriano Passini              A meditação é a abertura de nossa consciência para a divindade, para planos mais elevados. Quando praticada de mod...
Video: o significado das olimpíadas https://vimeo.com/177949900 Sri Chinmoy fala sobre o significado das olimpíadas.  
Zen e meditação – ou Zazen textos de Sri Chinmoy comentários e história ao fim por Patanga Cordeiro Zen e meditação (ou Zazen) Zen e Zazen: a iluminação já está dentro de...