Select Page

Meditação no trabalho

Por Sri Chinmoy, do livro Meditação, Yoga e a Arte de Viver: a Aventura da Vida

 

Podemos alcançar o portal da perfeição

Apenas quando trabalhamos juntos,

Com amor, sem cansar e de forma altruísta.

 

Desenvolvendo a capacidade interior

É possível trazer a capacidade meditativa para o seu trabalho, mas primeiro é preciso saber o quão longe você já trilhou o caminho da espiritualidade. Se você quiser ser um cantor, não se tornará um bom cantor do dia para a noite. Um dançarino também precisa de tempo para aprender os passos na ordem correta. Mas chega o dia em que o dançarino e o cantor se tornam habilidosos. Eles conseguem fazer várias coisas ao mesmo tempo. Quando um médico faz uma cirurgia, uma pessoa comum ficaria pasma ao ver em quantas coisas ele consegue se concentrar ao mesmo tempo. Quando você está aprendendo a dirigir, fica nervoso; contudo, uma vez que se torna um bom motorista, pode olhar para cá e para lá, e ainda assim tudo está sob perfeito controle.

Como podemos desenvolver esse tipo de capacidade? No começo é impossível. Se alguém diz que entrou para a vida espiritual hoje e que hoje já possui essa capacidade meditativa, saiba que está se enganando. Essa capacidade é como um músculo. Quando você se exercita, desenvolve os músculos. Na vida espiritual, se todos os dias você praticar a meditação regularmente, devotadamente e com alma, estará destinado a desenvolver essas capacidades interiores. Então, quando estiver no escritório, na escola ou em outro lugar com seus amigos, sentirá uma presença interior guiando-o. Mesmo quando falar sobre coisas mundanas, terrenas, não perderá a riqueza interior que acumulou durante a meditação.

No início, talvez o buscador comece com apenas cinco minutos de meditação de manhã cedo. Chegará o dia em que ele poderá se sentar e meditar por meia hora, uma hora, duas horas. E será capaz de meditar bem com mais frequência, e não apenas em raras ocasiões. Algumas pessoas ficam sentadas, mas não estão meditando. Contudo, se alguém consegue meditar por duas ou três horas sem parar, equânime, sem perder o seu equilíbrio mental, naturalmente é porque já fez progresso no âmbito da sua força interior, poder interior e luz interior. Tudo depende do que já foi conquistado. As coisas que realmente foram alcançadas na vida espiritual poderão ser utilizadas. Se eu tenho dinheiro, posso dá-lo a você se quiser; mas, se não tiver, apesar da minha melhor intenção, não serei capaz de dá-lo a você. O poder interior, a luz interior e todas as qualidades divinas estão dentro de você. O seu ser interior as acumulou. Agora elas devem ser trazidas à tona.

Temos de ir para o trabalho, temos de ir para o escritório ou para a escola. As suas aulas podem não ser nada espirituais. Outras pessoas podem estar tentando criar problemas, tentando influenciá-lo de forma consciente ou inconsciente. Você se torna uma vítima desse tratamento ruim e fica perdido. Contudo, se o seu ser interior capacitá-lo com a sua própria paz interior e alegria, você será capaz de ofuscar o comportamento não divino dessas pessoas. Enquanto responde a pergunta do seu professor ou fala com o seu chefe, você sentirá a presença do seu ser interior, que o ajudou quando estava meditando de manhã cedo. Você sentirá a sua presença como uma criança divina dentro de você.

 

Pergunta: Como é possível manter uma tranquilidade interior durante o trabalho, quando se está numa atmosfera com bastante pressão?

Sri Chinmoy: Você conseguirá manter a tranquilidade interior, não importando o que aconteça no seu escritório ou quantas forças ruins do seu escritório tentem agredi-lo, contanto que sinta que essas forças não são páreo para o seu amor pela luz. Quando está no escritório, você é constantemente atacado pela dúvida, que é uma força representante da escuridão. Caso sinta que não possui nada para lutar contra essa força, estará completamente perdido. Mas, caso sinta que dentro do seu coração existe algo chamado de luz, e que essa luminosidade ilimitada é infinitamente mais poderosa que a força que o está atacando, não terá nada a temer. Porque você está orando e meditando, e está constantemente tentando aumentar o seu amor por Deus, e porque você está consciente da Presença de Deus dentro do seu coração, saiba que você certamente incorpora luz.

As forças ruins vêm de fora. Mas dentro de você está a força mais poderosa, que está em constante comunicação com o Absoluto Todo-Poderoso. Essa força é a sua luz interior, que é imortal. Ela nunca se renderá às forças ruins. Na verdade, quando a escuridão tenta de forma consciente ou inconsciente entrar na luz, ela é transformada. Simplesmente ao trazer essa luz interior você verá que, surpreendentemente, a escuridão exterior cederá. Quanto mais você puder aumentar a sua luz interior e trazê-la à tona através da sua oração e meditação, mais cedo você verá a transformação das forças externas que o estão atacando.

 

Quanto mais você puder aumentar a sua luz interior e trazê-la à tona através da sua oração e meditação, mais cedo verá a transformação das forças externas.

 

Pergunta: Como é possível superar o ressentimento e raiva que sentimos quando nossos superiores parecem ser injustos?

Sri Chinmoy: Quando trabalhamos em um grupo, há muitos indivíduos, muitas ideias, muitos pensamentos e tendências trabalhando juntos. Temos de fazer o melhor para sentir que todos os indivíduos no grupo, todas as ideias e tendências são parte da nossa própria existência. Temos de sentir que são membros do nosso próprio corpo e que todos estão trabalhando juntos.

Sentimos que os nossos superiores não nos compreendem, valorizam ou apreciam nosso esforço e dedicação sinceros. Ao discutir com os nossos superiores, ao tentar o máximo para convencê-los de que estão errados ou que não possuem unicidade ou simpatia conosco, não conseguiremos mudar seu estilo de vida. Contudo, se considerarmos eles como parte da nossa própria existência e sentirmos que pertencemos a eles e eles pertencem a nós, então poderemos mudá-los.

Ao considerarmos nossos superiores como seres humanos totalmente diferentes de nós, completos estranhos aos nossos ideais, ideias e metas, nunca teremos alegria na vida. Temos de ver nossos superiores como membros, como ramos da mesma árvore-realidade. Então, quando percebemos que um dos ramos não está funcionando bem, tentamos curar o galho com o nosso amor interior, cuidado interior, luz interior. Se hoje os nossos braços estão deficientes, ou se qualquer parte da nossa realidade-existência está sofrendo de um defeito em particular, o que faremos? Focaremos toda a nossa concentração na parte defeituosa e mostraremos todo o nosso cuidado, amor, doçura e afeição. Tentaremos empenhar o resto do ser e mostrar todo o cuidado à parte defeituosa. Por fim, a parte defeituosa será curada.

Mas desejar apenas não será suficiente para que isso aconteça. Para que seja efetivo, temos de orar e meditar em silêncio para o Autor de todo o bem. Apenas Ele é capaz de curar um membro defeituoso, e Ele está mais do que disposto a ouvir nossa oração pela transformação dos nossos ditos ‘superiores’. É apenas a nossa oração e meditação que poderão por fim mudar radicalmente suas vidas. Todavia, antes disso acontecer, podemos tentar sentir que eles pertencem a nós e que nós pertencemos a eles. Podemos sentir que a sua falta de compreensão, a sua falta de fé em nós e a sua falta de reconhecimento do que fazemos é um defeito, uma imperfeição na nossa própria realidade-existência.

 

Pergunta: Quando estou no escritório, como posso controlar as minhas emoções? Há tanta injustiça, mas nada que eu possa fazer para me ajudar.

Sri Chinmoy: A injustiça está criando sofrimento na sua vida neste momento. Algumas pessoas no seu escritório o ferem interiormente, e, por causa do seu medo ou incapacidade, você não consegue se proteger. Contudo, caso se torne muito forte interiormente, você poderá usar essa força para se remover a outro plano, onde esses ataques não o alcançarão, ou conseguirá proporcionar aos outros certa iluminação, de forma que parem de incomodá-lo.

A injustiça é uma espécie de poder negativo ou não divino, ao passo que a luz é um poder divino. Ao entrar seriamente para a vida espiritual e aprender a invocar a Luz e Compaixão de Deus, essas forças divinas certamente o salvarão da situação que está lhe causando sofrimento agora. Mas pode levar certo tempo.

Uma maneira mais rápida para se salvar é conseguir paz de espírito. Nas nossas meditações aqui nas Nações Unidas, trazemos certa paz. Essa paz não é algo imaginário; ela é muito real. Quando medita conosco, não apenas você sente essa paz, como pode nadar no mar da paz. Essa paz é um poder sólido, infinitamente mais poderoso do que a injustiça. Quando você está nadando no mar de paz, nenhum poder humano poderá abalá-lo.

 

A paz é a arma mais eficaz para superar a injustiça.

 

Quando essas pessoas o atacam, você fica irritado e com raiva, pois sente que eles são do mesmo padrão que você. Mas quando o seu ser por completo estiver inundado de paz, não importa o que as outras pessoas façam, você sentirá que são como crianças brincando diante de você. Você dirá: “São apenas crianças. O que posso esperar delas?”

Quando você tiver de se defender ou se proteger, tente sempre usar uma arma mais elevada. Se as pessoas disserem algo e você retaliar no mesmo nível, não haverá fim. E, se simplesmente engolir a sua raiva, elas continuarão se aproveitando de você. Mas se estiver inundado de paz interior, elas verão algo em você que nunca poderá ser conquistado. Elas verão uma mudança em você, e essa mudança não apenas os deixará intrigados, como os ameaçará e amedrontará. Ela fará que percebam que suas armas são inúteis.

A paz é a arma mais eficaz para superar a injustiça. Se você ora e medita regularmente, logo sentirá que a sua paz é infinitamente mais forte, preenchedora e energizante que as situações infelizes que os outros criam.

 

Pergunta: Quando eu não respeito a pessoa com quem estou trabalhando, não sei como me comportar.

Sri Chinmoy: Existe algo chamado sabedoria prática. Suponhamos que o seu chefe está completamente errado sobre alguma coisa. Se brigar com ele e ficar na sua lista negra, por fim ele irá demiti-lo. Ninguém quer ser corrigido ou aperfeiçoado. A vida humana é assim, especialmente no caso dos chefes. Está aquém da sua dignidade ser corrigido pelos subordinados.

A sabedoria prática nos diz que, se o seu chefe o despedir, você ficará em apuros. Se o seu chefe fizer um relatório muito ruim sobre você, você ficará em apuros. Não estou dizendo que é preciso ficar lisonjeando o chefe. Mas você pode ignorar a situação, dizendo a si mesmo: “Meu chefe está errado. Mas farei o quê? Se eu tentar aperfeiçoá-lo ou corrigi-lo, ele ficará furioso.” Você pode fazer de conta que não viu nada; cegar-se da situação. Isso é chamado de sabedoria prática.

 

Pergunta: Como podemos ter unicidade com nossos colegas de trabalho?

Sri Chinmoy: Caso os seus colegas de trabalho não sejam espirituais ou inclinados à espiritualidade, exerça mais compaixão e sacrifício. Se alguém precisa de mais bondade e afeição, você deveria estar pronto a dar aquilo à pessoa – não de acordo com o que ela merece, mas de acordo com a magnanimidade do seu coração. Se alguém é maldoso com você ou não o ajuda com o seu trabalho, encare como um desafio para se tornar mais gentil, mais bondoso e mais doce, para que consiga trazer à tona as boas qualidades naquela pessoa. Algumas pessoas são bondosas, outras são más. Se tratarmos as pessoas más da forma que elas nos tratam, estaremos entrando no mundo animal. Temos de trabalhar de uma maneira divina e tentar conquistá-los através da paciência, cuidado e amor.

 

Pergunta: Ao trabalhar para uma empresa e tentar vender um produto, tenta-se obter ganho material para a empresa. Como podemos conciliar isso e dedicar nossa energia ao trabalho?

Sri Chinmoy: O que é importante é saber se está participando de uma enganação ou não. Digamos que está vendendo açúcar para uma empresa, mas sabe que misturaram algo no açúcar para enganar os clientes. Se você realmente quiser ser espiritual, não deverá trabalhar para esse tipo de empresa. Mas se vender algo para ter algum lucro, isso não será enganação. Se você comprar algo por dois dólares e vender por dois dólares, como irá ganhar o seu sustento? Precisará vender por dois e cinquenta ou três dólares. Lucro não é enganação. Mas quanto lucro? Se você comprar algo por dois dólares e vender por vinte, estará explorando as pessoas. Durante a guerra, algumas pessoas sabiam que os preços subiriam muito, e por isso compraram coisas por seis dólares que poderiam ser vendidas por, no máximo, doze dólares. Mas foram capazes de vendê-las por noventa dólares. Apenas porque algo estava indisponível e as pessoas precisavam muito daquilo, tal tipo de exploração foi possível. É preciso saber se você está enganando ou explorando o seu cliente, e também alcançar um meio termo entre a exploração e a tolice.

 

Pergunta: Como podemos aspirar enquanto trabalhamos?

Sri Chinmoy: Quando você ora e medita de manhã, sinta que obteve uma riqueza verdadeira na forma de paz, luz e deleite. Assim como você guarda o seu dinheiro dentro da carteira, guardará a paz, luz e deleite dentro do seu coração. Quando a ignorância aparecer, com a sua riqueza espiritual você poderá ameaçar ou conquistar a força não divina que está se aproximando de você. É possível comprar qualquer coisa que quiser com o poder-dinheiro. Igualmente, o poder espiritual que se obtém da oração e meditação é um poder verdadeiro. Quando as pessoas estiverem gritando, berrando e se comportando de forma não divina, traga à tona o poder interior que guardou no seu coração. Pense em quanta paz, luz e deleite você obteve de manhã cedo. Paz é poder, luz é poder, deleite é poder, assim como o dinheiro é um poder. Trazendo-os à tona você não terá qualquer dificuldade.

 

Não existe coisa tal como um trabalho insignificante.

Assim, devemos fazer tudo

Com o amor do nosso coração

E o respeito da nossa vida.

Páginas relacionadas

Vida após a morte Vida após a morte Textos de Sri Chinmoy, do livro Morte e Reencarnação Mais sobre morte e reencarnação     Vida após a mo...
Meditação na mídia – fatos e mitos, superficialida... Sri Chinmoy nos anos 70 por Patanga Cordeiro Coisas que vemos na TV, jornais ou sites, como “meditação para curar depressão”, “meditação para a...
Meditação no Ano Novo Meditações de Ano Novo e como aprender a meditar em 2018 Poemas e aforismos de Sri Chinmoy   Possa a beleza do Ano Novo Embelezar o m...
A Vida Espiritual é uma Fuga? Uma pessoa não-aspirante pensa que o desejo imorredouro é a única realidade. Uma pessoa aspirante sente que uma experiência divina é a única realidade...