Select Page

Abaixo deixei alguns poemas traduzidos e um pouco sobre o poeta Kabir. O que me inspirou a escrever foi a leitura do livro Kabir- Ecstatic Poems,

Coloquei-os também no site Poesia Divina


Kabir (ou Kabira) (hindi: कबीर, urdu: کبير‎) (14401518) foi um dos grandes poetas místicos ou santos-poetas da Índia medieval, tendo composto poemas que evidenciam a fusão entre o movimento de bhakti hindu e o sufismo muçulmano, movimentos religiosos que exercem profunda influência cultural em todo o mundo até os nossos dias.

Kabir nasceu numa família de brâmanes hindus e foi mais tarde adotado por muçulmanos, no norte da índia, perto de Varanasi. Ainda jovem tornou-se discípulo Ramananda, que no norte da India difundia a doutrina de bhakti como promulgada por Ramanuja no sul do sub-continente, no século XII.

Kabir foi contemporâneo de outros protagonistas famosos do movimento de bhakti da Índia medieval, tais como Mirabai, Caitanya, Tulsidas e Guru Nanak, o principal preceptor dos sikhs.

Extraído da wikipedia sobre Kabir

 

Kabir – Ecstatic Poemas, versions by Robert Bly

 

Os botões vocalizam:

“O Jardineiro está vindo!

Hoje ele colhe as flores,

E amanhã, nós!”

 

 

Meu interior, ouça-me: o mais grandioso espírito,

O Professor, está próximo.

Desperte, desperte!

Corra a seus pés–

Ele está próximo da sua cabeceira agora mesmo.

Você dormiu por milhões e milhões de anos.

Por que não acordar nesta manhã?

 

 

Falo com o meu amante interior e digo: por que tanta pressa?

Achamos que há um tipo de espírito que ama os pássaros e animais e formigas –

Talvez o mesmo que lhe deu brilho enquanto estava no útero da sua mãe.

Seria lógico que hoje você perambulasse completamente órfão hoje?

A verdade é que você mesmo foi embora

E decidiu ir sozinho para o escuro.

Agora você está enroscado nos outros e esqueceu quem você um dia conheceu,

E é por isso que em tudo o que você faz há alguma falha estranha.

 

Ó amigo, eu o amo – pense bem!

Se você ama, então por que dorme?

Se você o encontrou,

Dê-se a ele, tome-o.

Por que você perde o rastro dele repetidas vezes?

Se você logo cairá num sono profundo de qualquer jeito,

Porque perder tempo arrumando a cama

E organizando os travesseiros?

Kabir lhe dirá a verdade: o amor é assim:

Digamos que tivesse de cortar a sua própria cabeça

E dá-la a outra pessoa,

Que diferença faria?

Páginas relacionadas

Aspiração-Evereste: livro de palestras em prosa po... Aspiração-Evereste - livro recomendado Estas palestras inspiradas, da autoria de alguém que chegou ao cume, são seguramente o melhor roteiro para aqu...
Um diário espiritual para escrever todos os dias Inspirados nos ensinamentos de Sri Chinmoy, organizamos um formato de diário para auxiliá-lo no seu progresso interior. Você o encontra nos curso...
Glossário de termos utilizados por Sri Chinmoy nos... Notas explicativas (tiradas dos escritos de Sri Chinmoy)   AUM Aum é uma sílaba com um significado e poder criativo especiais. O Aum é ...
Livro Bhagavad Gita – capítulo 9 – O S... do livro de Sri Chinmoy, Comentários sobre o Bhagavad Gita   Livro Bhagavad Gita - capítulo 9 - O Segredo Supremo   O segredo su...