Select Page

yoga passos

Houve um tempo
Em que eu adorava
As tapeçarias fantásticas da mente.
Houve um tempo
Em que eu vivia minha vida
Fundado em ficções escolhidas.
Houve um tempo
Em que eu estava satisfeito
Com um fragmento da realidade,
Moída, partida e despedaçada.
Mas agora uma lúcida iluminação
Adentrou no meu coração.
A eterna Presença
Da Luz da Infinidade
Nutre o Despertar da minha Visão.

– Sri Chinmoy

Páginas relacionadas

Eu aprecio a beleza… Preciso apenas de Deus   Eu admiro a beleza, Mas Preciso apenas de Deus.   Eu admiro a grandiosidade, Mas Preciso ap...
Livro Bhagavad Gita – capítulo 13 – O ... do livro de Sri Chinmoy, Comentários sobre o Bhagavad Gita   Livro Bhagavad Gita - capítulo 13 - O Campo e o Conhecedor do Campo   ...
28 de outubro – meditação diária matinal 28 de outubro - meditação diária matinal   A alma em mim é para ser constantemente usada por Deus. O corpo em mim é para ser constantemente...
Poesia espiritual, frases e poemas para Meditação... A liberdade é infinita No firmamento. O amor é infinito Na lua. A luz é infinita No sol. Deus é infinito Dentro do meu coração-fl...