Select Page

trechos do livro Yoga e Vida Espiritual, de Sri Chinmoy

mounttop.jpg

O homem e Deus são eternamente um. Como Deus, o homem é infinito; como homem, Deus é finito. Não há um abismo profundo entre o homem e Deus. O homem é o Deus de amanhã, Deus, o homem de ontem e hoje.

Assim como Deus está no Céu, da mesma forma está na Terra. Ele está aqui, lá e em todo o lugar. Cada ser humano tem seu próprio Deus. Não há um ser humano sem um Deus. O ateísta completo não acredita em Deus. Mas afortunadamente ele crê, ou ao menos, infelizmente, ele tem de acreditar em uma certa idéia, algum conceito de ordem ou desordem. Essa própria idéia, esse conceito, nada mais é do que Deus.

srichinmoy-poderdoamor.jpgLiberdade, liberdade absoluta, deve ser dada a cada alma individual para que descubra seu próprio caminho. Os erros ao longo do caminho da espiritualidade não são de todo deploráveis, pois os erros são simplesmente verdades menores. Nós não estamos indo da falsidade para a verdade. Nós estamos indo da verdade menos revelada à verdade muitíssimo revelada.

 

Unicidade com Deus

Até que tenhamos realizado Deus e nos tornado um com Deus, devemos chamá-Lo de Mestre, Guia, Amigo e assim por diante. De acordo com nosso relacionamento com Ele, nossa atitude em relação a Ele pode variar. Isso não é problema. O que é de suprema importância é que amamos Deus como a nós mesmos. Em nosso amor sincero por Deus, somos espontaneamente inspirados a adorá-Lo.

3100milerace.jpgAqui devemos saber que tipo de adoração é para nós – qual tipo está em harmonia com o desenvolvimento e inclinação da nossa alma. A realização da unicidade absoluta com Deus é a forma mais elevada de adoração. Mais abaixo estão as orações e invocações. A forma mais baixa de adoração é a adoração de Deus em coisas mundanas.

Quando eu penso que a flauta e o Flautista são duas coisas diferentes, penso em mim mesmo como um servo de Deus e Nele como meu Mestre. Quando eu sinto que a flauta tem uma parte da consciência do seu Mestre, sinto que sou uma criança de Deus e que Ele é meu Pai. Finalmente, quando realizo que a flauta e o Flautista são apenas um, o Flautista aparece como Espírito e eu como Sua Força criativa.

O homem deve realizar Deus em seu corpo, aqui na Terra. O grande poeta indiano Kabir disse:

“Se seus limites não forem quebrados enquanto em vida, qual a esperança de livrar-se deles na morte?
É um sonho vão que a alma deva unir-se a Deus porque ela abandonou o corpo;
Se Ele é encontrado agora, Ele será encontrado então;
Se não, nós habitaremos a cidade da Morte.”

 

Desafios no Caminho

Irmãs e irmãos, não caiam no abismo do desespero, mesmo se vocês não tiverem, no momento, nenhuma aspiração clara por realizar Deus. Apenas comecem suas jornadas em direção ao alto, ao interior e adiante – acima para ver o Sonho de Deus, para dentro para possuir o Sonho de Deus, em frente para tornar-se o Sonho de Deus. Esse Sonho é o Sonho da absoluta Satisfação.

Incontáveis são aqueles que se lançam no caminho da vida interior apenas após receber inúmeros golpes ou após vagar a esmo nos desertos da vida. Assim, é realmente feliz e abençoado aquele que coloca seu corpo, mente, coração e alma – como flores – aos Pés do Senhor antes do advento desses golpes. É verdade que as inúmeras nuvens da mundanidade cobrem ou ao menos obscurecem a mente. É igualmente verdadeiro que o vulcão da concentração do buscador e a bomba de hidrogênio da sua meditação podem e, de fato, destruirão as nuvens – as brumas da Ignorância de eras.

joy.gifPermitam-me dizer uma palavra àqueles que são casados e têm grandes responsabilidades de família. Para seu maior espanto, todas essas responsabilidades serão transformadas em oportunidades douradas no momento em que vocês tentarem ver Deus em seus filhos, no momento em que vocês perceberem que estão servindo a Deus em seu auto-sacrifício. Em sua habilidade em satisfazer o esposo – para estabelecê-lo divinamente na ilimitada expansão da matéria, para elevar sua consciência em direção ao reino do Espírito – o incansável e espontâneo sacrifício da esposa não tem substituto. Em sua habilidade para inundar a alma da esposa com a Paz do Além – acenar ao seu coração com o sempre-reluzente Sol do Infinito, transmutar sua vida na Canção da Imortalidade – a promessa do esposo não tem substituto. E aqueles que são solteiros podem estar certos de que o são para poder correr o mais rápido pelo caminho espiritual. Inseparáveis são sua aspiração e a Inspiração de Deus.

Quando tentamos ver profundamente dentro de nós, quando tentamos viver uma vida interior, podemos encontrar dificuldades a toda volta. Nós gritamos: “Veja, Deus, agora que nos voltamos para Você, temos de enfrentar tantas provas!” Não encontrando a saída, ficamos perturbados. Mas por que deveríamos ficar perturbados? Não podemos lembrar que já enfrentamos dificuldades antes em nossa vida? Antes de entrarmos em nossa vida espiritual, a displicência provou ser nossa companheira constante. Agora, pelo menos nós estamos em uma posição melhor, já que temos a capacidade de reconhecer o tigre feroz da mundanidade. Encaremos o desassossego e a fraqueza como testes.

DSC_3891.jpgPor que Deus deveria nos testar? Ele faz qualquer coisa menos isso. Ele, sendo o Misericordioso, nos avisa do perigo iminente. Mas se tomamos esses avisos como testes, então, para passar nessas provas, devemos orar a Deus. Meramente pensando nas dificuldades e perigos, nunca poderemos passar no exame. Para passar numa prova na escola, devemos estudar com afinco. Similarmente, para passar no exame interior, devemos cultivar mais sinceridade e alimentar a chama da aspiração.

Durante a meditação devemos ser muito cuidadosos. Às vezes a mente quer ser muito indulgente com certas idéias e pensamentos mundanos e emocionais, mas não devemos permitir que a mente aja assim. Durante a meditação tudo é intenso e, se nós somos indulgentes com maus pensamentos, os efeitos se tornam mais sérios e mais perigosos do que nunca. Nos enfraquecemos no momento em que a mente se curva aos pensamentos auto-indulgentes. É da própria natureza da mente inferior nos enganar. Mas nossas lágrimas e a chama do nosso coração virão sempre em nosso socorro.

 

Homem e Deus são um

O homem e Deus são um. Todos os homens pertencem à mesma família. Todos somos um. Um buscador genuíno não deve ouvir os argumentos absurdos dos céticos. Eles não têm sequer um tostão de conhecimento espiritual. Eles são inconscientes do fato de que estão desfilando sua estupidez nua. Eles dizem, “Se somos todos um, então como é que quando você tem uma dor de dente eu não tenho? Quando minha fome é aplacada, como é que a sua não é?” Em resposta perguntemos a eles como é que quando eles têm uma perna ferida, sua cabeça não dói, já que ambos são parte do mesmo corpo? A consciência universal está dentro de todos nós. Se não somos conscientes disso, isso não significa que ela não exista. Meu corpo é meu. Mas eu sinto dor em minha perna quando minha cabeça padece de dor? Não. Mas se eu sou ciente da Consciência Divina que permeia meu corpo todo, sem dúvida eu sentirei a mesma dor em todo o meu corpo. Aqui a alma individual é minha cabeça e a alma coletiva é meu corpo inteiro. Para sentir o mundo inteiro como nosso devemos primeiro sentir Deus como verdadeiramente nosso.
 

Sri Chinmoy
trecho do livro Yoga e Vida Espiritual

bird_footer.jpg

Páginas relacionadas

Livro Bhagavad Gita – capítulo 12 – O ... do livro de Sri Chinmoy, Comentários sobre o Bhagavad Gita Livro Bhagavad Gita - capítulo 12 - O Caminho da Devoção   Arjuna está ex...
Mensagem do dia A paz mundial depende de Oração e meditação Mais do que qualquer outra coisa. Sri Chinmoy, 77.000 Service-Trees, vol 50 Mensagem do dia...
Como saber se estou meditando bem? O que é uma boa meditação? por Sri Chinmoy, do livro Meditação Muitas vezes, os buscadores perguntam como podem afirmar se estão meditando correta...
A Verdade e a Luz Texto de Sri Chinmoy Eu tenho dito repetidamente que, se você viver na mente, não importa quantas vezes tenha visto a Luz ou sentido a Verdade, v...