Select Page

A busca da felicidade

“Quando você está com fome, sabe que precisa comer. Sua fome o obriga a comer alguma coisa. Na vida interior, você estará pronto quanto sentir sede por paz, luz e bem-aventurança. Quando você tem um clamor interior, está pronto para um caminho espiritual. Ao sentir a necessidade, estará pronto.” – Sri Chinmoy

em busca da felicidade

Do ponto de vista espiritual, cada buscador é um principiante. Um principiante é aquele que tem o ímpeto interior de se transformar em algo mais divino, mais iluminador e mais satisfatório. A partir do momento em que você quer fazer progresso constante e contínuo, superar a si mesmo e entrar no Além sempre transcendente, você se torna um eterno principiante.

Sri Chinmoy

A busca da felicidade – dicas para quem está buscando algo na vida

Por Patanga Cordeiro

 

Em busca da felicidade

Se você chegou nesta página, só posso acreditar que parou para pensar e sentiu que as coisas na sua vida não estão do jeito que você queria, e mais: não parecem estar seguindo num rumo que você deseja.

Poucos alcançaram a felicidade que você procura: Buda, o Cristo, Krishna, etc.

Nesse caso, parabéns.

Você é um buscador.

Você está em busca da felicidade.

O que é ser um buscador

O que é estar em busca da felicidade?

Isso quer dizer que você tem um anseio interior. Você não está satisfeito com o prazer efêmero, transitório, das pequenas (e mesmo ‘grandes’) coisas da vida. Você quer algo (uma felicidade?) que nunca teve ainda. Algo que realmente valha a pena.

Isso existe? Claro que sim. Você conhece, por exemplo, Deus? Não, mas o próprio Nome de Deus é o suficiente para você imaginar o que é o Infinito Absoluto.

E Infinita Felicidade, e tudo o mais. Como mencionamos, Buda, o Cristo, Krishna e outros alcançaram a iluminação, perfeição, salvação, etc.

Você é o próximo. Se o Criador criou você, então tudo o que Ele tem e é será a sua herança, certo? Claro que sim.

Mas peraí. Não vai ser do dia pra noite e nem sem esforço consciente.

Passos na busca da felicidade

O primeiro passo na busca pela felicidade você já deu. Você está insatisfeito. Tem muita gente que não se permite acreditar que está insatisfeito. Saia perguntando pras pessoas que encontrar: “você é feliz?” Todo mundo vai dizer “sim”, mas você vai sentir que não é um “sim” de verdade. É uma forma de esconder a insatisfação. É que nem quando você é criança e lhe oferecem uma comida que não gosta na casa de um amigo da escola. Você diz que gostou, mas na verdade é só para manter a aparência.

E eu, autor do artigo ­– posso dizer que sou feliz de verdade?

Posso sim.

A estrada para a realização-Deus é longa. Às vezes, ao longo do caminho, você verá belas árvores, com folhagens, flores e frutos. Outras vezes, você verá que há somente a estrada, sem nenhum cenário bonito. Às vezes, você pode sentir que está num caminho sem fim, passando por um deserto árido, e que a meta se encontra a impossivelmente distante. Entretanto, você não pode desistir de andar só porque a distância parece muito longa, ou porque você está cansado e não tem inspiração. Você precisa ser um soldado divino e marchar em frente, corajosa e incansavelmente. A cada dia viajará um quilômetro. Dando um passo de cada vez, por fim você alcançará a sua meta. Quando isso acontecer, sentirá que a luta realmente valeu a pena.

Sri Chinmoy, do livro Meditação

caminho para a felicidade

Uma vida bem estabelecida espiritualmente não é uma tarefa fácil.

Mas uma vida materialmente satisfeita é uma tarefa impossível.

Sri Chinmoy

Encontrando a felicidade

Ok, você está insatisfeito. Mas precisamos ir além disso, certo, dar o próximo passo. O seu autor disse que ele é feliz de verdade. Vamos explicar isso melhor, que tal?

Felicidade, como já sabemos, não está nos prazeres da vida, do trabalho, do ambiente familiar, nem nas viagens de fim de ano.

A felicidade é algo que nos transforma. Um momento de felicidade basta para mudar a nossa vida para sempre.

A inspiração para escrever esta página veio durante uma das minhas manhãs. Eu sempre medito como a primeira coisa do dia. Num certo dia, eu não estava tendo uma boa meditação, mas ainda sim estava olhando para a foto do meu Mestre.

Eu parei e pensei justamente que a meditação é a coisa que me deixa mais feliz. Eu gosto dos meus amigos, dos meus hobbies, de uma boa refeição, de comprar algo novo. Mas, se eu tivesse que escolher qual é a coisa que me deixa mais feliz, seria, certamente, os momentos de silêncio diante do meu altar, todos os dias, de manhã cedo. É uma felicidade completa, que não consigo em nenhum outro lugar.

O que o seu autor quiz dizer com ser feliz agora é que ele não se sente perdido, sem rumo, como um barco à deriva no oceano da vida.

É como nadar no mar e saber em que sentido está a praia. Como caminhar num labirinto e saber em que direção está a saída. Como voar no céu e saber que não irá cair. Como uma criança que aprende a caminhar segurando na mão dos pais. E aproveitando o verbo caminhar, chegamos à nossa conclusão.

Estamos falando de um Caminho, um caminho espiritual.

Caminhos para a felicidade

Um caminho espiritual é como um barco que o leva em segurança até a sua meta. Ao estar nele, você sabe que chegará à meta. O quanto mais se esforçar para auxiliar o capitão do barco, cuidando das velas, do casco, dos remos, etc, mais rápido o capitão poderá levá-lo até a meta. Isso quer dizer disciplina: meditação, oração e outras práticas espirituais, além de práticas do dia a dia que sejam recomendadas pelo seu Mestre – mantras, dieta vegetariana, esporte, etc. E, o mais importante: o Ensinamento Silencioso.

 

caminho da meditação

Como começar a buscar um caminho

Se estiver começando a partir do zero, você pode ler alguns livros ou escrituras espirituais. Eles irão inspirá-lo. Você deve ler livros de Mestres espirituais em quem tem fé. Existem Mestres espirituais que atingiram a consciência mais elevada, e, se você ler os escritos deles, ficará inspirado. É melhor não ler livros escritos por acadêmicos, intelectuais ou aspirantes que ainda estão no caminho e não atingiram a iluminação. Só aqueles que compreenderam a Verdade são capazes de oferecê-la. De outra maneira, é como um cego guiando outro.

Também é uma boa ideia conviver com pessoas que já estão meditando há algum tempo. Talvez elas não possam ensiná-lo, mas serão capazes de inspirá-lo. Mesmo que você só fique sentado ao lado delas quando meditarem, seu ser interior inconscientemente obterá algum poder meditativo delas. Você não está roubando nada. Apenas acontece que o seu ser interior está recebendo ajuda delas sem você perceber exteriormente.

Sri Chinmoy

A figura do Mestre espiritual

Se você tiver um Mestre, isso facilitará o seu progresso espiritual interior. O Mestre espiritual é o seu professor particular na vida espiritual. Há uma grande diferença entre um professor particular e um professor comum. Um professor comum vai olhar para a prova do aluno e dar uma nota. Ele examinará o aluno e então o aprovará ou reprovará. Mas o professor particular motivará e inspirará pessoalmente o aluno em casa, para que ele consiga passar na prova. A todo momento, ao longo da jornada da vida, a ignorância sempre tentará examiná-lo, mas o seu professor particular o ensinará a passar facilmente na prova. O professor espiritual tem a atribuição de inspirar o buscador e aumentar a sua aspiração, para que ele possa realizar o Altíssimo o mais cedo possível.

Sri Chinmoy

mestre felicidade

Anything that stands in the seeker’s way has to be thrown aside without hesitation. His is the life that knows no compromise.

Sri Chinmoy

Deixe para trás o que não lhe traz felicidade

Não começamos o texto – e você não chegou aqui – justamente porque queremos mudar nossa vida? Isso quer dizer trazer coisas novas – e também deixar para trás as coisas velhas que não nos satisfizeram até agora. Coisas pequenas, coisas grandes. Tudo vai embora para que você encontre o Todo. Coragem!

“Às vezes, acontece de o buscador estar pronto e o Mestre estar disponível, mas o apego à vida comum impede o buscador de procurar com suficiente sinceridade. Outro dia alguém me contou que estava procurando por um Mestre há dezenove ou vinte anos. Eu fiquei bastante surpreso, porque tinha certeza de que o Mestre dela está vivo. Se ela realmente tivesse buscado com sinceridade e clamado pelo seu Mestre, o teria encontrado. Se o aspirante está realmente suplicando por um caminho, este se apresentará a ele. Se ele realmente quiser um Mestre espiritual, ou o Mestre irá até ele, ou ele será capaz de ir até o Mestre. Nenhum esforço sincero termina em vão. Se alguém se esforça sinceramente, eu gostaria de dizer que tanto a vida interior a exterior serão coroadas com o sucesso.”

“Nenhum caminho pode ser difícil demais se você tiver uma dádiva-Deus: a fé em si mesmo.”

  • Sri Chinmoy

Meditação na busca pela felicidade

respostas de Sri Chinmoy

A meditação é a realidade mais elevada?

Você pode dizer que, para um iniciante, ela é a realidade mais elevada. Mas, quando a pessoa é uma buscadora avançada, ela sabe que a meditação só conduz até a realidade altíssima. Se alguém tem vivido na ignorância, se nunca orou nem meditou na sua vida, nem mesmo por um minuto, naturalmente a meditação é a realidade mais elevada que a sua consciência pode atingir. Entretanto, depois de meditar por alguns anos, ele perceberá que a meditação em si não é a realidade mais elevada. A realidade altíssima é algo que ele atinge ou em que se transforma ao trilhar o caminho da meditação.

Quando uma pessoa se desenvolve espiritualmente e atinge a realização, o foco da meditação dela muda?

Depois que uma pessoa atinge a realização, ela não tem mais necessidade de meditar da mesma maneira que um iniciante. Quando a realização, que é a unicidade com o Supremo, é obtida, a sua meditação passa a ser contínua. Quando um buscador realizou Deus, ele não medita mais para atingir algo ou para transcender alguma coisa. Ele medita para trazer paz, luz e bem-aventurança para a humanidade ou para despertar a consciência dos outros.

 

meditacao felicidade
em busca da felicidade

Escolhendo um caminho

Os caminhos não são todos iguais, embora a meta final seja a mesma. Existem estradas diferentes, mas cada uma delas leva até a mesma meta. Cada pessoa precisa da orientação de um Mestre e cada indivíduo tem de encontrar o seu próprio caminho. Então ele deve seguir apenas um caminho e somente o Mestre que é o líder ou guia desse caminho.

Cada pessoa precisa ter, necessariamente, o seu próprio caminho. Isso não significa que não haverá outros buscadores nesse caminho. Haverá outros que vão querer seguir no mesmo caminho, mas cada buscador vai segui-lo do seu próprio modo, de acordo com a sua própria inspiração, aspiração e desenvolvimento espiritual.

Você quer felicidade? Então faça apenas três coisas: medite regularmente. Sorria com toda a alma. Ame incansavelmente.

  • Sri Chinmoy

Experiências no caminho da busca pela felicidade

No caso de um buscador comum, quando ele tem uma experiência interior, talvez não a retenha conscientemente, embora a essência permaneça na sua vida interior. Mesmo que se trate de uma experiência elevada, depois de cerca de quatro anos, talvez ele a esqueça totalmente, porque a ignorância na sua vida a terá engolido. Talvez ele pense: “Como pude ter aquela experiência? Se realmente a tive, como é que depois eu fiz tantas coisas erradas? Como é que eu não meditei nem orei? Significa que não foi uma experiência tão importante assim”. A dúvida devora a experiência, e ele acaba se esquecendo dela. Entretanto, no caso de alguém realizado, ele sabe que qualquer coisa que tenha visto ou sentido foi totalmente real. Ele também pode se lembrar das experiências interiores que teve, até mesmo nas suas encarnações anteriores, através da sua visão interior. Contudo, um buscador comum, mesmo que tenha tido apenas duas experiências grandes na vida, poderá simplesmente não se lembrar delas.

  • Sri Chinmoy

Ame o campo de batalha da vida, porque a alegria está sempre pulsando, secreta e abertamente, tanto na sua vitória quanto na sua derrota.

Sri Chinmoy

Felicidade e gratidão

Uma maneira de ser feliz e manter essa felicidade é através de constante gratidão. Gratidão por tudo, a tudo e a todos, em todo momento.

“Gratidão é felicidade pura. Felicidade é perfeição certa. Perfeição é a satisfação completa, tanto no mundo do homem quanto no mundo de Deus.” Sri Chinmoy

Mensagem final

Sri Chinmoy comenta sobre os upanishads:

The Upanishads always hold the intrepid view of life. Progress, constant progress, is the characteristic of the Vedic and Upanishadic age.

 

Prehi, abhihi, dhrishnuhi.

Go forward, fear not, fight.

 

Fight against what? Bondage, ignorance, and death. Life is ours. Victory must needs be ours too. Anything that stands in the seeker’s way has to be thrown aside without hesitation. His is the life that knows no compromise.

Em busca da felicidade

Leia também sobre o despertar interior.

Páginas relacionadas