Select Page

Como meditar corretamente


Se você estiver meditando corretamente, terá uma alegria interior espontânea. Ninguém deu nenhuma notícia boa, ninguém trouxe presentes, ninguém o apreciou ou o admirou, ninguém fez nada por você. Entretanto, você tem um sentimento interior de alegria.

– Sri Chinmoy, do livro Meditação

 

 

 

 

 

meditar corretamente

Curso de meditação

Se quiser aprender meditação num curso presencial gratuito, fale com nossos colegas:

SP | RJ | Curitiba | Niterói | Campinas

Como meditar corretamente

por Patanga Cordeiro

Você quer saber como meditar corretamente? Bem, hoje foi mais um daqueles dias em que recebi inspiração para escrever durante uma das meditações. Hoje acordei meio doente. Pelas 11 da manhã resolvi fazer mais uma meditação curta, uns 5 minutos só. Gostei e fiquei mais um pouco.

Normalmente, é impossível meditar quando estamos doentes – o incômodo físico previne que consigamos mergulhar mais fundo.

Mas hoje foi espontâneo. Bastou eu me sentar no meu altar que diversas coisas, impressões sobre a minha vida espiritual, vieram a tona. A “emoção” espiritual fez com que todo o incômodo físico por estar doente parecesse insignificante, e tive uma meditação legal.

Para aprender como meditar corretamente, o requisito principal é REALMENTE QUERER MEDITAR.

Assim como existe uma postura física para meditar corretamente, há também uma postura interna para a meditação. Vamos falar sobre o passo a passo e no decorrer do texto falaremos mais sobre a postura interna.

Se você estiver meditando corretamente

Muitas vezes, os buscadores perguntam como podem afirmar se estão meditando corretamente, ou apenas se iludindo ou tendo alucinações mentais. É muito fácil saber. Se você estiver meditando corretamente, terá uma alegria interior espontânea. Ninguém deu nenhuma notícia boa, ninguém trouxe presentes, ninguém o apreciou ou o admirou, ninguém fez nada por você. Entretanto, você tem um sentimento interior de alegria. Se isso acontecer, saberá que está meditando da maneira correta. No entanto, se sentir uma tensão ou perturbação mental, saberá que essa meditação que está praticando não é apropriada para você.

Sri Chinmoy, do livro Meditação

meditando corretamente
passo a passo para meditar corretamente

Meditar direito é simples

Às vezes, meditar direito é algo tão simples quanto isto.

Passo a passo para meditar corretamente

Como começar a meditar sozinho em casa

 

Primeiro passo: o local

Quarto – tenha um local só para meditação. Pode ser um cantinho do seu quarto. Idealmente, dentro de um cômodo, pois a céu aberto muitas coisas podem atrapalhar a sua meditação – vento, poeira, insetos, barulho, etc.

Limpeza – mantenha o local sempre limpo, como se fosse um altar

Altar – sim, exatamente, trate o seu local de meditação como um lugar sagrado, onde você irá oferecer a riqueza do seu coração a Deus, à sua alma, seu verdadeiro Eu, ou como você preferir chamar.

 

Segundo passo: a postura correta

Coluna – mantenha ereta, mas sem ficar dura

Cadeira ou almofada – como preferir. Na almofada ou zafu, cruze as pernas de forma confortável, com o quadril elevado apoiado na borda da almofada.

Ombros, braços, pernas, pescoço – relaxe, com as pernas apoiadas no chão

Posição das mãos – relaxe, apoie sobre as pernas, joelho, colo, etc.

Olhos – mantenha os olhos semiabertos, para evitar que você caia no sono. Observe um objeto para manter o foco (ponto na parede, chama da vela, flor, foto do seu mestre)

 

Terceiro passo: respiração correta

Tente respirar de forma suave, mas sem forçar. Se quiser uma técnica mais específica, uma forma é contar o tempo (ou batidas do coração, por exemplo, 4 segundos inspirando, 4 expirando). Você pode começar também fazendo uns minutos de pranayama.

 

Quarto passo: os exercícios

Você pode começar com um exercício de concentração ou pode ir diretamente para um exercício de meditação. Aqui deixo uma lista de exercícios de meditação que podem tentar

 

Quinto passo: assimilando os resultados da meditação

Após a sua meditação, não saia correndo fazer as tarefas domésticas. Assim como depois de fazer um exercício físico, você descansa um pouco para parar de suar e recompor o fôlego, depois da meditação tenha um período para assimilar os resultados. Leia, cante mantras, caminhe na natureza. Se estiver meditando direito, será como um esporte – tem aquecimento, performance, recuperação e alongamento!

 

Estou meditando certo? Como saber se teve uma boa meditação

Você também pode saber se teve uma boa meditação pelo modo como se sente depois. Se a paz, a luz, o amor e a alegria vieram à tona como resultado da sua meditação, você saberá que meditou bem. Se tiver um sentimento bom pelo mundo, se encarar o planeta de uma maneira amorosa apesar das enormes imperfeições dele, saberá que a sua meditação foi boa. E se você tiver um sentimento dinâmico logo depois da meditação, se sentir que veio ao mundo para fazer e para transformar-se em algo – evoluir na própria imagem de Deus e tornar-se um instrumento dedicado dele – isso vai indicar que teve uma boa meditação. Mas o modo mais fácil de saber se teve uma boa meditação é sentir se a paz, a luz, o amor e o deleite vieram à tona.

Sri Chinmoy, Meditação

como saber meditação correta
como meditar buda

O que significa “querer meditar”

 

Querer meditar significa que você tem um anseio. Esse anseio é um clamor interior, um desejo puro de transcender a sua condição atual. Ele pode vir em diversos momentos: quando tem um problema no seu cotidiano, família ou trabalho, quando tem um acidente físico, quando pratica esportes, etc. Mas o melhor tipo é quando nada especial aconteceu, absolutamente nada, e você sente que está buscando algo mais, sem justificativas. Isso quer dizer que você está pronto, e que vai, muito em breve, aprender como meditar corretamente. Sri Chinmoy chama isso de aspiração. Se a meditação é algo que você precisa interiormente, a sua aspiração vai levar você de encontro com a meditação de uma forma ou de outra.

 

Por que a aspiração é importante para aprender a meditar direito?

É porque meditação não é simplesmente ficar parado ou manter a mente vazia. Isso é concentração. Manter o corpo físico imóvel e esvaziar a mente tanto o quanto o possível são passos para a concentração.

A meditação é o passo seguinte – quando, no silêncio da concentração, o nosso pássaro-alma invencível e indomável voa alto, muito alto e mergulha fundo, muito fundo, no céu da nossa existência mais íntima. É por isso que uma única boa meditação pode mudar a nossa vida. Se conseguirmos alcançar a fonte, quem nós realmente somos, nossa postura com relação à vida começa a mudar gradualmente e, por vezes, instantaneamente. Como num momento de “eureka!”, tudo começa a fazer sentido. Meu trabalho está valendo a pena? Meus relacionamentos estão valendo a pena? Estou feliz com a minha vida? O que vou mudar? Tudo isso são perguntas que surgem e vão sendo resolvidas com a nova luz que alcançamos nas profundezas da nossa meditação silenciosa. A meditação passa a ser um companheiro do seu dia a dia, e não mais alguns minutos da sua manhã. Tudo o que você faz começa a ser feito com uma parcela de inspiração do seu ser interior.

Estou meditando corretamente?

Há também outra maneira de saber. Se você estiver entrando num plano mais elevado, sentirá que o seu corpo está ficando muito leve. Embora você não tenha asas, vai sentir que quase pode voar. De fato, ao atingir um mundo muito elevado, você verá um pássaro dentro de si mesmo, que pode facilmente voar, exatamente como os pássaros de verdade.

Sri Chinmoy, do livro Meditação

meditação corpo leve
meditação sozinho em grupo

Devo meditar sozinho ou em grupo?

 

Meditar sozinho é, na verdade, a coisa mais importante para quem quer aprender a meditar direito. A meditação em grupo ajuda muito, mas, se não praticar em casa, nunca vai aprender. É como uma aula na escola ou universidade. Você ganha um direcionamento com o professor. Mas, sem repetir os ensinamentos sozinho em casa, sem apoio, nunca terá o conhecimento independente, como parte de si.

Para algumas pessoas, meditar sozinho pode ajudar também com a questão do ego. Se para você meditar é motivo de orgulho, e não de gratidão, naturalmente se sentirá orgulhoso ao meditar em grupo. Mas, meditando sozinho, até mesmo em segredo, enquanto todo mundo na sua casa está dormindo, irá ajudar você a superar essa dificuldade.

Meditar é um privilégio, um presente interior – não pode ser comprado nem vendido, mas apenas descoberto, como uma herança deixada pelo Criador em todos nós.

Como praticar meditação sozinho ou em casa

Roteiro de um dia com meditação

 

Aqui deixo um checklist sugerido para aprender como praticar meditação. Adeque ele ao seu dia, mas tente manter o máximo possível desses elementos. Não evite os que você acha difíceis ou não gosta muito. Provavelmente, é deles que você mais precisa para aprender a meditar corretamente.

Comece hoje à noite mesmo!

 

Meditação da noite

Medite antes de dormir – antes de deitar na cama, medite por pelo menos 5 minutos. Se quiser fazer mais, será ótimo.

Durma cedo – evite fazer tarefas desnecessárias durante a noite. Isso irá diminuir a sua energia para viver o seu dia seguinte. Tente dormir até as 23h.

 

Meditação matinal

Acorde cedo – idealmente, até as 6h da manhã. Sete horas de sono bastam para quem quer aprender a meditar. A meditação matinal é a meditação mais importante do dia.

Fique bem desperto – tome uma ducha de um minuto ou, no mínimo, lave o rosto e as orelhas com água fria.

Medite – por 10 a 15 minutos, ou mais, é o que basta para a meditação matinal quando estamos começando

Cante mantras – antes ou depois da sua meditação, como preferir

Leia – livros espirituais por 10 a 30 minutos após a sua meditação

Exercite-se – sugiro três quilômetros de corrida, ou uns 20 minutos de exercício equivalente.

Coma bem – faça uma refeição que irá deixar você satisfeito, mas sem pesar

 

Opcional: meditação da tarde

Meditação – se conseguir, tente meditar por cinco minutos antes do almoço

Almoço vegetariano – ideal para você sentir paz interior e tranquilidade no seu dia, que irão fortalecer você e a sua meditação.

Leitura – se quiser, complemente a sua leitura na hora do almoço.

 

Chegando em casa: meditação da noite

Opcional: tome uma ducha e medite – por uns cinco minutos após retornar do trabalho ou aulas.

Medite – por mais cinco minutos antes de dormir

Durma cedo – de preferência, até as 23h.

 

roteiro de meditação

Como saber se estou meditando direito?

Sri Chinmoy responde perguntas sobre o tema de reconhecer uma meditação correta.

 

Páginas relacionadas