Select Page

O AMOR ENTRE O PROFESSOR ESPIRITUAL E O ALUNO

Do livro de Sri Chinmoy, Amor


Página central com todos os tópicos e posts sobre o amor.


 

 

 

Eu amo seu silêncio.

Seu silencio é a estrela polar do meu coração.

 

Eu amo sua voz.

Sua voz é o único néctar da minha vida.

 

Eu amo seu sorriso.

Seu sorriso é a divindade da minha vida.

 

Eu amo seu amor.

Seu amor é o Todo de minha Eternidade.

Como um buscador espiritual pode sentir-se perto de seu Professor espiritual se ele vive distante dele?

 

Isso é uma questão de amor interior, do elo interior, como a conexão entre mãe e filho. Mesmo se a mãe vive na Índia e o filho foi à America para estudar, o coração da mãe está o tempo todo dentro do coração do filho, e o coração do filho está o tempo todo dentro do coração da mãe. Mesmo enquanto o filho está conversando com seu professor e colegas, pode sentir constantemente a presença de sua mãe dentro de seu coração. Quando ele vê algo lindo, ele pensa, ‘’Se ao menos minha mãe pudesse ver isso, ficaria muito feliz.’’ Se ele vai bem em seus estudos, e o professor o elogia, imediatamente pensa, ‘’Ah, como gostaria que minha mãe pudesse ouvir isso!’’ Se algo vai mal, pensa, ‘’Onde está minha mãe para aliviar meu sofrimento?’’ Sua mãe é sempre vívida em sua consciência, porque ele estabeleceu sua unicidade amorosa com ela.

Similarmente, você pode tentar estabelecer esse tipo de unicidade com seu Professor espiritual em todos os aspectos da sua vida: no seu sucesso, no seu fracasso, nas suas alegrias e tristezas. A qualquer hora que você realizar algo ou ver algo que o agrada, imediatamente você irá dizer, ‘’Como eu gostaria que meu Professor espiritual estivesse aqui!’’ É claro que o ser interior de seu Professor espiritual saberá. Mas, se quer ser consciente de sua própria unicidade com seu Professor espiritual a todo momento, então não importa que ação você realize, quer seja boa ou ruim, imediatamente, pense nele.

Desse modo você pode sentir a presença do seu Professor espiritual a todo momento. Pense nele como um amigo para a vida toda, que está sempre ao seu lado, se você está ao sol ou na chuva. Seu Professor espiritual é seu eterno amigo.

 

Eu quero me sentir mais próximo do meu Professor espiritual que vive em outro país. O que você aconselha?

 

Você precisa acreditar que seu Professor espiritual ama a você infinitamente mais do que você ama a si mesmo. Você pensa que está constantemente pensando sobre si mesmo e tendo cuidado com sua vida, enquanto que seu Professor espiritual está conversando com alguém aqui e ali, então como ele pode amar a você mais do que você mesmo?

Se você sente que tem mais carinho, cuidado e amor por si mesmo do que seu Professor tem por você, então não pode se tornar interior e verdadeiramente próximo dele. Se seu Professor espiritual pergunta a você todos os dias se você teve ou não um bom café da manhã, isso não é uma manifestação do seu cuidado. A maneira de seu Professor amar você, a maneira verdadeira de amar você, é infinitamente mais significante do que isso. Sua capacidade de amar a si mesmo é como um dolar, já a capacidade dele de amar a você é como um milhão de dolares.

O sentimento de que seu Professor espiritual o ama tem de ser trazido do seu coração para dentro da sua hesitante e duvidante mente. Enquanto sentir o amor dele, estará destinado a fazer um tremendo progresso e eventualmente convencer sua mente de que ele o ama. E como pode sentir o amor dele? Através das suas próprias orações e meditações.

 

Qual é a natureza do amor entre um professor espiritual e seu aluno?

 

Deixe-me contar uma história real. Um Professor espiritual indiano que vivia no Ocidente foi, um dia, ao hospital para visitar um aluno que havia tido um sério acidente de carro. Embora o aluno estivesse sentindo muita dor e se movesse com dificuldade, ele estava cheio de alegria em ver seu Professor. Ele disse, ‘’Eu sinto que fui ajudado consideravelmente desde o meu acidente pelo seu poder de cura espiritual. Sinto que esse acidente valeu todo momento de dor pela experiência que isso me trouxe. Pela primeira vez em minha vida, eu realmente senti e percebi quanto amor você tem por mim. Eu vi que o amor que você tem é infinito e tudo-abrangente.’’

‘’Isso é absolutamente verdade, meu filho,’’ disse o Professor. ‘’Eu estou sempre dizendo a você e aos outros alunos que eu os amo infinitamente mais do que vocês amam a si mesmos. Sua mente pode não acreditar nisso, mas é verdade.’’

O aluno perguntou, ‘’Como é possível para você nos amar mais do que nós mesmos?’’

O Professor respondeu, ‘’Quando você pensa em si mesmo, pensa sobre todas as suas ansiedades e preocupações. Pensa que sua vida consiste do que você tem que fazer – com quem tem de falar, o que tem visto e assim por diante. Mas, aos Olhos do Supremo, isso não é ,de forma alguma, a sua vida. Sua vida é a sua receptividade – quanto de Seu Amor, Paz e Deleite você é capaz de receber.

‘’Um de meus alunos me disse outro dia, ‘Eu posso acreditar que você me ama e eu amo você, mas quando você diz que nos ama mais do que amamos a nós mesmos, isso não é apenas algo gentil de nos falar?’ Poucos dias depois, o aluno teve um sonho com todos os episódios da vida dele, com tudo que ele fez e conquistou, ele construiu uma casa. Mas gradualmente, gradualmente essa casa começou a desmoronar; todas as coisas ele perdeu e viu o quanto todos esses episódios eram insignificantes. Ele se sentiu totalmente perdido. Então ele me viu lá, constante, com meu amor por ele. Somente quando se tornou totalmente um comigo e eu me tornei totalmente um com ele que ele sentiu qualquer alegria, paz e satisfação.

‘’Todo mundo sente que sua vida é feita desses episódios – a rotina diária de cada um – mas eu gostaria de dizer que essas coisas são meramente experiências que nós temos enquanto vivemos na Terra. Para viver em Deus propriamente, algo mais é necessário. Para viver em Deus devidamente, devemos saber quanto Amor podemos receber, quanta Luz podemos receber do Supremo’’

‘’Mas,’’ disse o aluno, ‘’Eu ainda não entendo exatamente porque você pode me amar mais do que eu amo a mim mesmo. Sinto muito. Sei que você ama, mas não estou certo exatamente de como.’’

‘’Meu filho, a razão é essa. Você vê a si mesmo como um ser humano, cheio de ignorância. Então quando pensa sobre si mesmo, pensa sobre a sua ignorância. Você não vê a si mesmo como um outro Deus; vê a si mesmo como metade-animal. Quando você é insincero, você pensa que sabe todas as coisas e quando tenta ser sincero, pensa que você está cheio de ignorância. Mas você deve saber que o que Deus é, você também é. Somente quando você está com a sua consciência absolutamente no nível mais elevado você pensa sobre si mesmo como um instrumento escolhido por Deus. Você está clamando agora por esse conhecimento de quem você verdadeiramente é. Eu amo você constantemente e infinitamente porque eu sempre sei quem você é. Eu sei que você não é somente um instrumento escolhido do Supremo, mas o próprio Supremo. Há momentos, quando estou olhando para você e para os outros alunos, quando não estou vendo o Supremo em vocês; Estou vendo o próprio Supremo. Você não irá acreditar nisso, mas eu não vejo você como um ser humano com o Supremo dentro, mas como ninguém mais que o Supremo. Eu vejo isso com meus olhos humanos, sem nem mesmo usar meu terceiro olho.

‘’Eu amo o Supremo, que é a sua verdadeira realidade, infinitamente mais do que você pode amar o ser humano que se considera ser. Então, se eu vejo você como o Supremo, como eu poderia não amar você como o Supremo? Você pode pensar que você é seus problemas, que é os detalhes da sua vida e portanto você não pode amar a si mesmo o mais devotadamente. Você será capaz de amar a si mesmo somente quando estiver no seu mais elevado, quando sentir minha presença dentro do seu coração. Mas eu estou amando você constantemente. Aqui está a prova. A maior parte do tempo você está pensando sobre outra coisa – seu trabalho, sua esposa, seus filhos – mas eu estou constantemente pensando em você. Você pensa que está amando a si mesmo – sua família e tudo que constitui a sua vida – mas sua atenção está dividida. Sempre está pensando sobre outras coisas. Mas minha atenção nunca está dividida. Isso é amor constante por você.” Agora o aluno esqueceu totalmente da sua dor. Ele perguntou, ‘’O segredo da consciência desse amor existe na gratidão?’’

‘’Sim, absolutamente. Mas o lamentável é que nossa mente humana sente que gratidão é algo inferior. Nós sentimos que quando oferecemos gratidão a Deus porque Ele nos ofereceu algo primeiro, estamos fazendo algo inferior. Se alguém tem feito algo por nós, naturalmente nós mostraremos nossa gratidão, mas sentimos que o poder da gratidão é inferior ao poder de dar.

‘’Mas Deus vê Ele mesmo como um. Ele sente que esta dando o que Ele tem – Amor e Compaixão – e estamos dando a Ele o que nós temos – gratidão. Nosso poder de gratidão é tão forte quanto sua Luz e Amor-Poder, mas sentimos que a gratidão é inferior porque ele oferece Sua Luz e Amor primeiro. No começo do Jogo, Ele nos deu o que Ele quis dar a nós, que é gratidão, e guardou Consigo Sua Luz. O papel Dele é nos oferecer Luz, e nosso papel é oferecer a Ele gratidão. Ele está fazendo o Seu papel, mas não estamos fazendo o nosso. Agora, se retornarmos a Ele o que Ele tem nos dado, estamos cumprindo o nosso papel, e se Ele oferece a nós o que Ele guardou Consigo, Ele está fazendo o papel Dele. Nosso papel não é de nenhum modo inferior ao Seu papel. Quando você sente gratidão, sente que uma flor – um lótus ou uma rosa – está florescendo dentro de você, pétala por pétala, e quando você sente tremenda gratidão, então sente que a flor está totalmente florescida.

O aluno disse, “Ó Mestre, estou profundamente grato por essa experiência, por eu ter aprendido e recebido tanto de você em e através disso. Eu sei agora que seu poder-amor é a única coisa na Terra que pode me satisfazer totalmente e oro para que um dia minha flor-gratidão satisfaça você totalmente.’’

Páginas relacionadas