Select Page

sri-chinmoy-aforismo-rosa2.jpgO que é uma boa meditação?

por Sri Chinmoy, do livro Meditação
Muitas vezes, os buscadores perguntam como podem afirmar se estão meditando corretamente, ou apenas se iludindo ou tendo alucinações mentais. É muito fácil saber. Se você estiver meditando corretamente, terá uma alegria interior espontânea. Ninguém deu nenhuma notícia boa, ninguém trouxe presentes, ninguém o apreciou ou o admirou, ninguém fez nada por você. Entretanto, você tem um sentimento interior de alegria. Se isso acontecer, saberá que está meditando da maneira correta. No entanto, se sentir uma tensão ou perturbação mental, saberá que essa meditação que está praticando não é apropriada para você.
Se você estiver tendo uma alucinação mental, sentirá que existe paz por dentro e agitação no exterior. Você anseia por paz, luz e bem-aventurança, mas exteriormente está sentindo uma turbulência vulcânica. Se estiver tendo uma meditação verdadeira, uma meditação feita com toda a alma, então com certeza vai sentir paz tanto interior como exteriormente. Se estiver meditando com toda a alma, você vai sentir a sua existência eterna. Sentirá que é da Eternidade e para a Eternidade. Você não consegue obter esse sentimento com uma alucinação mental.
Há também outra maneira de saber. Se você estiver entrando num plano mais elevado, sentirá que o seu corpo está ficando muito leve. Embora você não tenha asas, vai sentir que quase pode voar. De fato, ao atingir um mundo muito elevado, você verá um pássaro dentro de si mesmo, que pode facilmente voar, exatamente como os pássaros de verdade.
sri-chinmoy-aforismo-poente.jpgSe for a sua imaginação, você vai ter um sentimento muito doce por alguns minutos. Então, imediatamente pensamentos obscuros e frustrantes aparecerão. Você dirá: “Eu estudei muito, mas não fui bem na prova”, ou “Hoje no escritório eu trabalhei muito, mas não consegui agradar ao meu chefe”. Essas forças negativas, na forma de frustração, entrarão no mesmo instante. Ou a dúvida vai entrar, e talvez você diga: “Como posso meditar tão bem se ontem mesmo fiz tantas coisas erradas? Como Deus pode ficar satisfeito comigo? Como posso ter uma meditação elevada?” Entretanto, se for uma meditação realmente elevada, você vai sentir que a sua existência inteira, como um pássaro divino, está voando para o alto, para o mais alto, para o altíssimo. Ao ter esse sentimento, não haverá pensamentos tristes, idéias frustrantes e nem dúvidas. Você estará voando no céu de pleno prazer, onde tudo é alegria, paz e felicidade.
Você também pode saber se teve uma boa meditação pelo modo como se sente depois. Se a paz, a luz, o amor e a alegria vieram à tona como resultado da sua meditação, você saberá que meditou bem. Se tiver um sentimento bom pelo mundo, se encarar o planeta de uma maneira amorosa apesar das enormes imperfeições dele, saberá que a sua meditação foi boa. E se você tiver um sentimento dinâmico logo depois da meditação, se sentir que veio ao mundo para fazer e para transformar-se em algo – evoluir na própria imagem de Deus e tornar-se um instrumento dedicado dele – isso vai indicar que teve uma boa meditação. Mas o modo mais fácil de saber se teve uma boa meditação é sentir se a paz, a luz, o amor e o deleite vieram à tona.
Você está mais do que pronto agora, porque o seu pássaro-aspiração está voando bem acima das nuvens de confusão de sua mente, que o escravizam e o cegam.

 

srichinmoy-aforismo-rosa.jpgNão fique desanimado

por Sri Chinmoy, do livro Meditação
Por favor, não fique desanimado se não conseguir meditar bem no começo. Mesmo na vida comum, só Deus sabe quantos anos precisamos praticar para ficarmos muito bons em alguma coisa. Quando um exímio pianista se lembra do nível em que estava quando começou a tocar, ele ri. Ele atingiu o seu atual nível musical mediante um progresso gradual. Na vida espiritual, no início você pode achar difícil meditar. Mas não tente se forçar. Dez minutos de manhã cedo são suficientes. Aos poucos, sua capacidade vai aumentar. Se você praticar todos os dias, fará progresso em sua vida interior.
Você também não pode fazer uma refeição deliciosa todos os dias. Hoje, talvez consuma um alimento delicioso, e então por três ou quatro dias pode comer uma comida muito simples. Todavia, contanto que você coma, saberá que está sustentando o seu corpo. Do mesmo modo, se num dia tiver uma meditação boa, e no dia seguinte perceber que não consegue meditar bem, não fique frustrado, e não tente forçar a sua meditação. Quando a hora de meditar chegar ao fim, não fique triste, nem mesmo por um instante, por não ter conseguido uma boa meditação. Se você ficar insatisfeito consigo mesmo, está cometendo um grande erro. Se não conseguir meditar em algum dia específico, tente deixar a responsabilidade com Deus. Se não puder meditar bem alguma vez, sinta que em outra oportunidade o Supremo dará novamente a bênção, a inspiração e a aspiração para meditar extremamente bem. No entanto, se você ficar perturbado ou irritado, o pouco do progresso que você fez no dia anterior será reduzido ou anulado. A melhor coisa é ficar calmo, sereno e firme em sua vida espiritual. Assim, com certeza você vai continuar a progredir tanto na meditação como na vida interior.

 

sri-chinmoy-aforismo-cello.jpg

 

Perguntas e Respostas sobre Meditação

por Sri Chinmoy, do livro Meditação
Pergunta: Muitas vezes, percebo que a qualidade da minha meditação tem altos e baixos. Sempre acho que não vou cair de novo, mas isso acontece com freqüência. 
Sri Chinmoy: No começo, todo mundo passa por altos e baixos na vida espiritual. Quando uma criança está aprendendo a andar, ela tropeça e cai. Depois de algum tempo, no entanto, ela aprende a andar e finalmente a correr. No final, ela poderá correr tão rápido quanto a capacidade dela permitir. Mas uma criancinha não pode esperar correr tão rápido quanto o pai dela, porque ele tem muito mais condição para isso.
Você tem tido altos e baixos na sua meditação. Quando estiver em cima, precisa sentir que está tendo um vislumbre de sua capacidade total. Ao estar embaixo, deve sentir simplesmente que é só uma incapacidade temporária. Só porque você vê que aqueles que são mais avançados na vida espiritual estão correndo, não deve perder a coragem. Eles também tropeçaram antes.
Hoje o céu pode estar cheio de nuvens, mas chegará um dia em que o Sol vai brilhar de novo, com plena refulgência. Quando você passar por momentos inferiores de medo, dúvida ou falta de aspiração, deve sentir que não vão durar para sempre. Assim como uma criança que caiu, você deve tentar ficar de pé novamente. Algum dia será capaz de caminhar, correr e, finalmente, correr o mais rápido possível sem cair.