Select Page

Meditação para crianças

Videos de meditação guiada para crianças:


Meditação narrada por e para crianças – “Um Jardim Florido” por Sri Chinmoy

Play video

Versão sem narração

 

Meditação guiada para crianças – “O Barco Dourado” por Sri Chinmoy

Play video

Versão sem narração

Uma mini meditação para crianças

“Para a meditação, ela deve se sentar e ficar tranquila e em silêncio. Quando estiver assim, imediatamente ela sentirá que está meditando. Essa ação concreta a levará a algo que é abstrato. Você pode ensinar uma criança através de ações exteriores, mas não deixe de enfatizar o sentimento interior. Quando começar a sentir alegria, paz e amor, gradualmente ela se tornará a alegria, paz, amor e tudo o mais que estiver sentindo. E quando sente algo, como aquilo pode permanecer abstrato?”

Sri Chinmoy

Meditação para crianças


artigo por Patanga Cordeiro, baseado nos ensinamentos de Sri Chinmoy

Se você quiser explicar meditação para uma criança pequena, não tente explicar apenas com o físico. Diga a ela que a oração é algo totalmente diferente de simplesmente ficar de mãos postas e olhar para cima. Diga a ela que a oração é algo que acontece no interior. Mas, se ela quiser enxergar ou sentir isso, precisará ficar de mãos postas. Você pode explicar para uma criança que a oração é algo que ela sentirá quando colocar as mãos postas e falar com Deus. Então, quando ela juntar as mãos e sentir algo no interior – seja reverência, amor, doçura ou suavidade -, a oração não lhe será mais algo abstrato. Será uma realidade.

Para a meditação, ela deve se sentar e ficar tranquila e em silêncio. Quando estiver assim, imediatamente ela sentirá que está meditando. Essa ação concreta a levará a algo que é abstrato. Você pode ensinar uma criança através de ações exteriores, mas não deixe de enfatizar o sentimento interior. Quando começar a sentir alegria, paz e amor, gradualmente ela se tornará a alegria, paz, amor e tudo o mais que estiver sentindo. E quando sentir algo, como aquilo pode permanecer abstrato?

Como começar a meditar


Por que ensinar crianças a meditar?

A primeira coisa que devemos saber antes de ensinar meditação para crianças é se nós mesmos queremos meditar.

Muitas vezes, a idéia de ensinar meditação às crianças vem de um desejo de solucionar uma situação exterior – inquietação, falta de atenção, TDAH, etc. Mas já sabemos da medicina que os remédios não curam doenças. Eles removem os sintomas, e o corpo, quando tiver forças, irá transformar a causa da doença.

Com a meditação é igual. Os problemas do ser humano (sejam adultos ou crianças) vêm de dentro dele mesmo. Se ele estiver disposto a lutar e transformar essas situações, naturalmente isso se refletirá no mundo ao seu redor – incluindo, talvez, as suas crianças e filhos.

Na prática: como começar

No início, o melhor é deixar primeiro que elas o vejam meditar. O coração espiritual das crianças é mais disponível do que o dos adultos em geral e, por isso, ela vai aprender a meditar rapidamente ao observar você praticando. Se ela conseguir ficar quieta, deixe que ela fique sentada com você durante a sua meditação. Mas simplesmente ver você diariamente meditar já será um começo.

Ensinando as crianças através do exemplo é justamente como quando você quiser ensinar qualquer coisa a alguém – desenhar, escrever ou meditar -, você mesmo precisa fazer aquilo. Se disser às crianças que “eu não preciso, mas você precisa” ou “eu posso fazer, mas você não pode”, isso não irá instigar confiança nelas. É como se você estivesse vendendo algo que não compraria.

Um exercício super simples para crianças

Para a meditação, ela deve se sentar e ficar tranquila e em silêncio. Quando estiver assim, imediatamente ela sentirá que está meditando. Essa ação concreta a levará a algo que é abstrato. Você pode ensinar uma criança através de ações exteriores, mas não deixe de enfatizar o sentimento interior. Quando começar a sentir alegria, paz e amor, gradualmente ela se tornará a alegria, paz, amor e tudo o mais que estiver sentindo. E quando sente algo, como aquilo pode permanecer abstrato? – Sri Chinmoy

Para crianças muito pequenas: oração ou meditação?

Quando as crianças ainda são muito pequenas, o melhor é ensinar primeiro a oração. Ensine-as a orar, a sentir Deus como alguém muito próximo, a quem elas podem sempre recorrer. Alguém tão próximo que mora dentro do coração delas. Não tente explicar Deus como um homem velho que mora num lugar distante. Essa é a explicação de uma mente adulta que se acredita responsável por si própria. Uma criança deve enxergar Deus como uma criança, um amigo que mora no seu coração e virá brincar com ela.

Mais temas


Faça-as sentir felizes

Às vezes as pessoas podem perguntar se TDAH tem cura, se déficit de atenção tem solução. Se podem fazer relaxamento para as crianças pararem de brincar ou colocar músicas para dormir. Mas isso é em primeiro lugar para o descanso dos pais e próximos, e não para o bem das crianças.

O que uma criança precisa saber é que ela é um ser bom e divino. Explique que, como Deus, também ela está destinada a ser divina e bela. Isso fará com que ela se sinta feliz, e possivelmente amada e segura. Isso abrirá portas interiores para que a luz do seu coração e alma venha à tona e tente transformar quaisquer imperfeições do interior.

 

Quando ensinar meditação? Com que idade ensinar a meditar?

Os verdadeiros pais ensinam antes de elas perguntarem – Às vezes também as pessoas podem se questionar sobre quando se deve falar sobre espiritualidade com as crianças. A resposta é bem simples: o quanto antes. Se você pensa que a criança deve primeiro crescer para depois escolher que forma de espiritualidade ela seguirá, talvez cresça desacostumada de qualquer coisa e nunca tenha interesse. O nosso dever é sempre fazer o melhor que está ao nosso alcance e de acordo com a nossa melhor compreensão. Se a criança crescer e quiser mudar, então ela terá a maturidade suficiente para escolher o que sente melhor para si nessa hora.

 

Textos de Sri Chinmoy sobre as crianças

Is God our Father?

Sri Chinmoy: God is our Father if we love our father more than we love our mother. God is our Mother if we love our mother more than we love our father. But if we love our father and mother equally, then God is both our Father and Mother.

Sri Chinmoy, Children: God’s Dream-Blossoms, Agni Press, 1997

 

Max conversa com Deus:

“Deus, qual é o Seu verdadeiro nome?

“Meu nome de verdade é Max.”

“Esse é o meu nome. Eu não vou dar a Você o meu nome.”

“Então qual nome você quer que Eu tenha?”

“Quero que Você se chame Água.”

“Água! Que ótimo nome. De agora em diante, se você Me chamar por esse nome, Eu responderei.”

“Deus, vou Lhe contar um segredo. A minha mãe me ensinou que o outro nome da Água é Vida.”

“Agora, Minha criança, Eu lhe contarei outro segredo. Um outro nome para Vida é Deus.”

“Posso contar esse segredo à minha mãe?”

“Certamente você pode.”

“Muito obrigado, Deus, por me contar um grande segredo.”

Sri Chinmoy, Children’s conversations with God, Agni Press, 1971

 

Lista de recursos sobre meditação para crianças

 

 

 

Páginas relacionadas